Cultura Data Driven: a importância dos dados para a automação de processos

A automação de processos é um exemplo de como a tecnologia pode facilitar e otimizar a rotina de trabalho, tanto na produção de um produto e/ou serviço, quanto na melhoria da performance de diversos setores, entre...

Cultura Data Driven: a importância dos dados para a automação de processos

A automação de processos é um exemplo de como a tecnologia pode facilitar e otimizar a rotina de trabalho, tanto na produção de um produto e/ou serviço, quanto na melhoria da performance de diversos setores, entre eles os de marketing e vendas.  Segundo a pesquisa da Mckinsey referente aos resultados levantados em 2020 evidenciam que “priorizar a automação tornou-se ainda mais importante para o sucesso”. 

Outro destaque deste estudo é que, após analisar os entrevistados de empresas consideradas de maior porte (com faturamento anual igual ou superior a $1 bilhão) e, que estão atingindo suas metas de automação eles identificaram três fatores distintivos:

“Essas empresas fazem da automação uma prioridade estratégica, elas focam nas pessoas tanto quanto na tecnologia, e desenvolvem um modelo operacional que pode ser escalonado”. 

Os dados também tornaram-se grandes aliados no mercado atual, e assim surgiu algo que reforçamos sempre aqui na Layer Up: a cultura data driven. Ela que por muitas décadas não era uma prioridade das empresas, agora é uma estratégia vital para os negócios.

Quando falamos sobre automação de processos, automaticamente precisamos considerar os relatórios obtidos por análises e a mensuração de dados. Porque não basta uma tarefa ser cumprida de “maneira rápida”, ela precisa ser eficaz, fazer sentido para a empresa e gerar resultados e, consequentemente, receita. 

 

O que é automação de processos?

A automação de processos é considerada a solução para a gestão de muitos negócios atualmente. 

Essa estratégia tem como metodologia utilizar softwares e/ou aplicativos que otimizam tarefas que antes eram feitas manualmente durante a rotina de trabalho. 

Podemos observar a automação de processos em setores como o de logística, com máquinas e apetrechos que auxiliam na produção. Ou também em nossa rotina, com os metrôs, pagar uma conta ou fazer transações bancárias através de um aplicativo ou até mesmo a maquininha do cartão.

 

Quais os impactos da automação de processos nos negócios?

Os dois maiores destaques sobre o impacto que a automação de processos pode gerar em uma empresa são a redução dos erros humanos e a consistência nos resultados (independente da demanda exigida).

Isso porque, ao utilizar softwares e aplicativos que otimizam a rotina, os trabalhos considerados cansativos e que, por muitas vezes, quando feitos por uma pessoa resultam em exaustão e até possível falha, acabam sendo evitados. 

Outro ponto é que, em épocas que as demandas aumentam, por exemplo, o software utilizado seguirá fazendo o seu processo sem sobrecarregar a equipe o que naturalmente leva empresas a obterem menores custos do que uma nova contratação teria. 

Evidentemente, um profissional, por mais excelência que busque, ainda terá limitações, mas um computador pode ser treinado e programado para essa rotina. Mas devemos considerar a tecnologia como uma extensão e não substituição do ser humano, certo?

O mesmo estudo citado anteriormente pela Mckinsey em 2020, também sugere que “as organizações bem-sucedidas continuam focando nos funcionários tanto quanto na tecnologia — e instituíram novas maneiras de fazer isso em que os funcionários atuam lado a lado com as novas tecnologias”.

Também sabemos que uma máquina pode falhar, mas a tecnologia caminha cada vez mais para a precisão e eficiência desses métodos, principalmente quando trabalha em conjunto com profissionais treinados, motivados e bem preparados. 

 

Conheça 5 exemplos de automação de processos

Quando falamos de automação de processos, dependendo do segmento da empresa que você trabalha, pode vir em mente apenas uma das infinitas possibilidades que ela pode ser aplicada. Então, confira cinco exemplos dessa estratégia na gestão de negócios!

 

Automação dos processos de marketing

Uma grande referência de automação de processos no setor de marketing  é o nosso parceiro RD Station: um grande aliado no marketing digital! Por muitas vezes dentro de uma agência, costumamos trabalhar com produções de newsletters e estratégias de inbound marketing, por exemplo.

E, o que antes era feito manualmente, hoje é feito por ferramentas de software que transformam as produções em um fluxo otimizado e fluído. Seja disparando uma campanha por e-mail ou até mesmo analisando as métricas e resultados da empresa. 

 

Automação de produtividade

Neste caso, quando falamos de uma empresa mais corporativa ou até mesmo uma agência, compreendemos que tudo pode ser automatizado (feito por meio de software ou aplicativos que auxiliam na gestão e performance).

Isso inclui desde processos mais complexos, como prospecção e nutrição de leads, apontamento e produção de relatórios de horas trabalhadas, até um simples disparo de e-mails com lembretes para um evento, por exemplo. 

 

Automatização no atendimento

Uma rotina de vendas pode ser otimizada de diversas formas. Um e-commerce é um bom exemplo disso. Você com certeza já se deparou com um chatbot nesses sites.  

Quando você utiliza softwares que atendem, respondem ou entram em contato com o seu cliente ou potencial consumidor quando ele abre a página, pode gerar um lead e/ou até melhorar a experiência de um comprador. 

 

Automatização na propaganda

Há diversas ferramentas que podem auxiliar no processo de divulgação da sua marca, principalmente os relacionados aos algoritmos Esses os quais se baseiam no padrão de busca e acesso no site da sua marca e, assim, emitem pop-up’s ou outros tipos de comunicação que leve a pessoa de fato a consumir ou fazer recompra.

Ainda neste exemplo, nasce uma infinidade de possibilidades e até mesmo opções que tornam tudo ainda mais fácil. Como nos casos das estratégias que auxiliam a propagação do seu produto e/ou serviço de maneira orgânica: o growth marketing.

Que tem como estratégia, produzir informação ou um conteúdo tão relevante a ponto de tornar a sua marca a primeira opção na mente do consumidor, quando se trata do seu produto e/ou serviço. 

 

Automação financeira

Lembra dos dados que citamos bem no começo? Então, eles são os grandes aliados de muitos empresários dentro de uma organização, seja em uma transação financeira, emissão de notas fiscais ou declaração de impostos.

Já que uma pessoa, não precisa mais se dividir em tantos funcionários para calcular e chegar nos relatórios considerados importantes dentro de uma organização: os softwares estão aqui para isso! 

Outro exemplo de como essa estratégia pode auxiliar na gestão financeira: nos casos onde o setor de compra precisa compreender quais materiais e/ou ferramentas estão faltando para a produção do produto e/ou serviço, ou quanto de estoque precisa ser reposto para não enfrentar atrasos nas vendas (isso também envolve análise de produtividade).

Então, naturalmente, a cultura dos dados alinhados aos processos de automação, acabou dominando os setores de muitas empresas e se tornando vital para que tudo não saia do controle. 

 

Afinal, o que é cultura data driven? 

A automação financeira citada anteriormente é só um dos poucos exemplos onde os dados podem estar presentes. 

Mas quando falamos de uma cultura data driven, estamos falando de algo implementado no DNA da empresa ou, em outras palavras, nas raízes de um negócio.

Uma empresa com cultura data driven não toma nenhuma decisão sem antes, coletar, analisar e mensurar os dados. E, acredite, isso se tornou vital para se manter no mercado. 

Por isso, estamos sempre falando da importância e sobre como aplicar os dados no universo digital ou no setor de marketing e vendas.

Consideramos que sem uma cultura data driven, um negócio não tem as ferramentas e as respostas que ele precisa para sobreviver. Sem contar que, por muitas vezes, uma empresa que não analisa os seus resultados se torna refém do comodismo e da falta de inovação.

 

Quais os benefícios da automação de processos alinhada aos dados para o negócio?

Agora que já apresentamos diversas opções de aplicação da automação de processos, é hora de voltarmos ao foco deste conteúdo: mostrar que quando a automação de processos torna-se muito mais eficaz quando está alinhada aos dados.

Alguns dos benefícios desse alinhamento são: 

Banco de dados

Possibilita a coleta e armazenamento de relatórios e informações sobre os processos da empresa e dos seus clientes. 

 

Insights

Compreensão das dores e necessidades tanto do seu negócio quanto dos seus clientes, assim são definidas também as metas e objetivos.

 

Soluções de problemas

Descobertas de possíveis gargalos no processo ou ruídos na comunicação, assim possibilitando ajustes no processo e, consequentemente, gerando uma melhor  experiência para os clientes.

 

À frente da concorrência 

Quando você compreende o que o seu cliente ou potencial consumidor almeja, pode utilizar estratégias e tendências de marketing e vendas mais precisas e alcançar destaque no mercado.

 

Treinamento da equipe 

Possibilidade de entender e reajustar o que não está funcionando e, assim, nortear quais são os melhores investimentos para a sua equipe (workshop, cursos etc).

 

Produtividade

Quando a sua equipe compreende quais são as metas e objetivos da empresa, está alinhada com os relatórios obtidos e recebe o devido treinamento, fica mais motivada  e, consequentemente, mais produtiva.

 

Alta performance nos resultados

Após as dores e necessidades identificadas; soluções devidamente aplicadas ao processo; adaptação às tendências do mercado; equipe treinada e motivada e mais produtiva, o resultado é o aumento na performance de vendas do seu produto e/ou serviço.

 

Fidelização de clientes

Esse tópico é justamente para quebrar o pensamento de que apenas vender é o caminho correto. A cultura data driven prioriza a compreensão do mercado e padrão de consumo dos seus clientes. 

Ou seja, para de fato uma empresa gerar bons resultados, ter destaque no mercado e ganhos na tão sonhada receita, precisa usar estratégias que fidelizam o cliente e não apenas criam uma relação rotativa.

É agora que entram os dados: só eles podem trazer a resposta e a previsibilidade que o seu negócio procura.

 

Vamos colocar em prática juntos?

Se você já utiliza a automação de processos na sua empresa, mas ainda sente que precisa encontrar soluções que impulsionam os resultados do seu negócio, nós vamos ajudar!

Falamos bastante sobre o universo dos dados diariamente e, às vezes, pode parecer uma estratégia um pouco complicada e até mesmo burocrática — mas calma, porque não é!

Quer entender como a automação de processos alinhada aos dados pode funcionar na prática? Então participe do maior evento de dados do Brasil: o Data Driven Decision. E o melhor: é 100% on-line e gratuito!

Serão dois dias (27 e 28 de julho) com mais de 60 horas repletas de conteúdos exclusivos e insights com parceiros, palestrantes e entrevistados considerados referência no mercado dos dados.

A sua chance de mudar a história da sua empresa e alcançar resultados extraordinários começa aqui! 

Quer adquirir proficiência em dados e ficar por dentro de tudo sobre o DDD 2022? Clique no botão a seguir e se inscreva! 

automação de processos

Contato//

Fale com um especialista, tire dúvidas ou deixe sua sugestão para a Layer Up. Nosso time está pronto para dar um UP em seu negócio e entregar os melhores resultados!

    Newsletter

    Assine a newletter e receba informações do mundo digital.