Gestão estratégica de pessoas: equilibrando performance e desenvolvimento

É possível notar uma transformação nas áreas que compõem as empresas. Hoje, vemos uma busca por equilíbrio entre performance e o desenvolvimento dos colaboradores, e é por isso que a área de gestão passou do formato tradicional para a gestão estratégica de pessoas.

Em resumo, o que muda é a forma como este departamento analisa e propõe novas métricas para avaliar não só o andamento operacional do negócio, mas também a parte tática.

Há uma valorização do profissional como pessoa, entendendo o que pode ser feito para que também exista uma melhora na entrega dos resultados. 

Qual é o papel da gestão estratégica de pessoas?

O papel é auxiliar a empresa na tomada de decisões com base em métricas reais, de modo a alavancar os números do negócio mas também estimular as habilidades sociais e profissionais do colaborador. 

Dessa forma, é possível criar um ambiente propício para a evolução e até mesmo obter uma performance melhor, com mais engajamento por parte do quadro de funcionários.

A ideia envolve um trabalho de humanização da empresa, para que esta se torne um lugar mais confortável e leve, onde tanto gestores quanto funcionários se sintam à vontade e entendam que são importantes ou fazem diferença na equipe.

A gestão estratégica de pessoas une gestores, líderes e a área de recursos humanos em prol desse objetivo.

Posso alcançar mais visibilidade com ela?

Além disso, ao capacitar um colaborador, cuidar de sua saúde e fornecer recursos para o desenvolvimento, há uma grande chance de conseguir retê-lo em sua empresa no longo prazo.

Está cada vez maior a procura por vagas em empresas que valorizam além da sua competência profissional, o seu lado pessoal, incentivando o crescimento. 

Portanto, se a sua gestão estratégica de pessoas proporciona isso aos seus colaboradores, as chances de obter sucesso, melhorar os resultados e aumentar as buscas por sua empresa no mercado são enormes.

Como ser assertivo ao implementar a gestão estratégica de pessoas em sua empresa?

Em muitos casos, é difícil ter clareza na hora de implantar métricas que condizem com o que realmente precisa ser avaliado. 

Portanto, estude a situação da sua empresa. Descubra suas necessidades, que skills hoje faltam nas equipes e precisam ser aprimoradas, além do que os colaboradores gostam ou esperam aprender.

Entenda com clareza o que precisa ser medido de acordo com os objetivos traçados. Após descobrir essas métricas, a área de gestão estratégica de pessoas compreenderá todos os fatores que devem ser modificados, para que entrem em sinergia. 

Ou seja, para que sua empresa possa desenvolver uma solução conjunta, trazendo, assim, resultados mais assertivos.

Comecei: e agora?

Ao coletar os dados das métricas propostas no planejamento, é importante entender o que pode ser feito para desenvolver e melhorar ainda mais os resultados, visando ter uma performance mais assertiva. 

O importante é a equipe de gestão encontrar um meio termo onde as métricas sejam realistas e tenham flexibilidade para serem alteradas e desenvolvidas de acordo com os resultados que vão sendo obtidos ao longo da jornada.

E lembre-se: mantenha suas equipes alinhadas a essas mudanças e apresente os resultados dessas métricas. Organizar reuniões para mostrar as estratégias que estão sendo implantadas e o que espera do seu time é essencial.

O que posso esperar?

Trabalhar com métricas e dados para avaliar o comportamento das pessoas não é uma tarefa fácil, mas tem se mostrado cada vez mais eficaz, pois é a partir desse modelo de gestão que o mercado está melhorando sua didática com os colaboradores.

Assim, fica mais perceptível a diferença que apenas uma pessoa faz dentro de uma equipe, proporcionando maior consciência do que deve ser feito para auxiliar no crescimento contínuo da sua empresa. 

A qualidade da performance é ainda maior ao longo do tempo, o seu colaborador sabe o que está sendo exigido e o que precisa ser feito de acordo com o que a empresa deseja alcançar e entende de maneira mais assertiva os processos.

Alcançando os resultados

Aplicar a gestão estratégica pode mudar os resultados da sua empresa. Mas, além dela, existem diversos outros pontos fundamentais que você, como gestor, pode não estar observando.

Para auxiliar empresas, desenvolvemos um teste personalizado sobre marketing e vendas. Ele mostra alternativas e estratégias para aumentar a geração de leads de acordo com a realidade do seu negócio.

Bom gestor: tenha um bom relacionamento com sua equipe e impulsione resultados

Falar de liderança e gestão tem se tornado algo cada vez mais comum para aqueles que estão de olho nas tendências do mercado. Ser um bom gestor tem se tornado cada vez mais relevante. 

Isso porque é cada vez mais claro que a forma como um líder atua em relação aos funcionários interfere na forma como esses colaboradores trabalham e, consequentemente, nos resultados da empresa. 

Quando falamos em gestão 4.0, o foco é a satisfação do cliente. Porém, é preciso olhar também para dentro: como seus colaboradores estão se sentindo? Quais os efeitos da gestão no trabalho deles? O ambiente de trabalho tem os tornado mais produtivos ou mais procrastinadores? 

De forma geral, um bom primeiro passo para entender como estão as coisas dentro da empresa é ter um relacionamento de qualidade com a equipe, mas os caminhos para conquistar esse bom relacionamento tem alguns desafios. 

Confiança: dados relevantes para empresas

Você já deve ter ouvido falar que confiança é a base de qualquer relação. Não pense que isso é diferente quando falamos das relações que ocorrem dentro de uma empresa. 

Um estudo da CGK divulgado em 2018, por exemplo, mostrou que 80% dos gestores se consideram transparentes com seus times. Ao mesmo tempo, apenas 55% dos colaboradores concordaram. 

Essa mesma pesquisa mostrou outro dado que pode ser bastante preocupante. Só 53% dos colaboradores acreditam que os líderes se importam com o bem-estar deles. Você se importaria com alguém que acredita que não se importa com você? 

Vantagens da confiança

No Brasil, o relatório Edelman Trust Barometer 2019 mostra algumas das vantagens da conquista de confiança dos colaboradores. Segundo os empregados, quando consideram a empresa confiável, 83% deles recompensam com maior defesa, 77% com engajamento. 

Lealdade também foi apontada por 75% dos colaboradores. E aí vem algo muito importante citado por 86%: comprometimento. Ou seja, fica claro que quando a empresa é de confiança, o funcionário se dedica mais

Mais empenho significa também mais produtividade. É por isso que conquistar a confiança dos funcionários pode trazer resultados surpreendentes

O que profissionais têm buscado no trabalho 

Para manter o bom relacionamento, também é importante entender o que os profissionais estão buscando no mercado de trabalho.

A Delloitte realizou, em 2018, uma pesquisa com 11 mil pessoas de diferentes níveis hierárquicos, de todos os continentes. 

O resultado foi o relatório Tendências Globais de Capital Humano. Podemos destacar alguns dos resultados:

Falando em bem-estar, mais um dado importante: 61% das pessoas entrevistadas disseram que programas relacionadas a ele melhoram produtividade e até mesmo os resultados financeiros da marca. 

Bom gestor: dicas para um bom relacionamento com colaboradores

Agora você já deve ter entendido a importância de manter um bom relacionamento com os colaboradores e conquistar a confiança deles para garantir bons resultados na sua empresa.

Então, que tal conferir algumas dicas para que isso aconteça? Separamos quatro para você!  

  1. Tenha empatia 

Você com certeza já deve ter ouvido falar em empatia. Esse tema está em alta e é necessário na sociedade como um todo.

No mercado de trabalho, costumamos enxergar nossos funcionários de acordo com as tarefas que eles realizam, mas é importante lembrar que estamos lidando com pessoas.

Mais do que um colaborador, quem exerce funções dentro da sua empresa é um ser humano com sentimentos, medos, necessidades e desejos. É preciso entender que todos terão dias bons e ruins. 

Vale a pena se atentar a isso e até mesmo oferecer ajuda em casos nos quais isso seja possível. Pode ser que o problema de um funcionário possa ser resolvido de forma mais simples do que ele imagina e você tenha a solução. 

  1. Incentive

Incentivo pode ser dado em diversas situações e pode ser essencial para tornar os funcionários confiantes e motivados. Um bom primeiro passo é reconhecer a diferença entre simplesmente dar ordens e de fato incentivar os funcionários. 

Motive os colaboradores a tomarem atitudes, delegue tarefas, mostre que você acredita no trabalho e na postura profissional dos que trabalham com você.

Além disso, para ser um bom gestor, pergunte opiniões para a solução de problemas e permita a participação deles em diferentes situações. 

O reconhecimento também colabora. Nem sempre vai ser possível aumentar o salário de um bom funcionário, mas você pode dar cursos, livros, ou até prêmios simbólicos. 

Aqui na Layer Up temos uma premiação mensal na qual os colaboradores recebem as chamadas coins, bottons que certificam que naquele mês algum trabalho ou comportamento deles esteve relacionado a bons resultados, multiplicação de sucessos, transformação digital ou flexibilidade de leveza. Todos esses tópicos são pilares da nossa cultura. 

  1. Dê e peça feedbacks

Uma boa forma de fazer com que os resultados sejam sempre melhores é oferecendo feedbacks com uma periodicidade definida. Com eles, é possível direcionar os colaboradores sobre o que está no caminho certo e o que precisa ser diferente. 

Aqui na Layer Up, por exemplo, todos recebem feedback dos líderes no fim de cada trimestre. Além disso, também adotamos uma postura flexível. Até mesmo a CEO está aberta a ouvir críticas e entender o que pode ser melhorado. 

Isso porque para ser um bom gestor também é preciso aceitar feedbacks. Entender o que os funcionários pensam de você, do seu trabalho e da sua empresa pode ser a grande chave para tomar atitudes que os conquistem. 

  1. Seja um exemplo

Quem quer confiança, precisa gerar confiança. Os funcionários costumam enxergar seus líderes e gestores como exemplos, então é preciso estar atento aos detalhes. Muito além da dedicação, você pode buscar em si mesmo as características que quer ver nos outros

Um bom gestor repassa para os funcionários que eles precisam ser pontuais, ter uma postura profissional, seguir as normas da empresa, entre outros pontos. Porém, eles não vão levar isso a sério se você mesmo não levar. É preciso ser um exemplo. 

Quem quer ser um bom gestor precisa manter um bom relacionamento e conquistar a confiança das equipes. Confira dicas no blog da Layer Up.

 

Contato//

Fale com um especialista, tire dúvidas ou deixe sua sugestão para a Layer Up. Nosso time está pronto para dar um UP em seu negócio e entregar os melhores resultados!

    Newsletter

    Assine a newletter e receba informações do mundo digital.