Customer Service: por que implantá-lo em meu negócio?

Entender o que é Customer Service pode ajudar o seu negócio a conquistar os clientes, entregar soluções mais assertivas e proporcionar uma experiência satisfatória do início ao fim da sua jornada de compra.

Customer Service é, basicamente, o atendimento ao cliente oferecido antes, durante e após a realização da compra do produto ou serviço. Essa é uma área que vem ganhando bastante notoriedade e importância atualmente.

Essa mudança está ocorrendo, principalmente, por estarmos em uma fase que a experiência é extremamente buscada e valiosa para o consumidor. Então, as empresas estão adaptando a sua cultura organizacional e voltando o foco para o cliente.

Por isso, o Customer Service é responsável por trazer o consumidor para mais perto e mantê-lo satisfeito, tirando suas dúvidas e prestando todo o suporte necessário. 

A área também é responsável por trazer insights e auxiliar nas mudanças e otimizações dentro das empresas. Entenda melhor no decorrer do conteúdo.

A importância do Customer Service para um negócio

Por manter contato direto com potenciais clientes e consumidores assíduos, os profissionais dessa área conseguem, de forma estratégica, captar informações, identificar gargalos e levar bons relatórios para a resolução dos problemas identificados.

Além de ouvir a opinião sobre pontos de melhoria e dificuldades vindos diretamente dos clientes, quem trabalha com Customer Service propõe correções para tornar a experiência do cliente mais satisfatória.

Portanto, o Customer Service é essencial para trazer uma nova perspectiva por meio de feedbacks de quem realmente consome o produto ou serviço. É a oportunidade de garantir mais eficiência, propor acompanhamentos constantes e inovações.

Porém, as responsabilidades dessa área não param por aqui. Mesmo com o intuito de prestar suporte e resolver os problemas com eficiência e praticidade, os profissionais de Customer Service também devem manter um bom relacionamento com o cliente.

O que significa se esforçar para manter um atendimento humanizado, próximo e que tenha empatia com o consumidor. E uma parte importante desse processo é o pós-venda.

Segundo uma pesquisa realizada pelo The Office of Consumer Affairs, 56 a 70% dos consumidores que têm suas queixas resolvidas, voltam a comprar com a empresa. Ou seja, o pós-venda é extremamente importante e pouco valorizado.

Então, o Customer Service deve conciliar seu atendimento em toda a jornada do cliente, focar na resolução de dificuldades e no acompanhamento da jornada, e transformar a experiência de maneira positiva.

E quais são os resultados obtidos?

Ao manter uma área de Customer Service ativa dentro do seu negócio, é possível definir objetivos, estruturar estratégias e acompanhar os resultados, por meio do retorno vindo do público.

Afinal, com um acompanhamento próximo e contínuo, os clientes se sentem mais valorizados. Portanto, há um aumento na fidelização e redução na insatisfação dos consumidores.

A área apresenta um grande diferencial para o mercado e torna o seu negócio mais competitivo ao implementar uma comunicação única e direta com o público, construindo uma reputação positiva.

E como centraliza tudo o que o cliente diz, há uma facilidade em propor melhorias e trazer novos insights para todas as áreas com que se relacionam, proporcionando uma comunicação mais efetiva e garantindo grandes resultados.

Escute mais o que o público tem a dizer

Escutar e entender o que o público tem a dizer traz grandes insights e abre muitas possibilidades. Mas não é só o Customer Service que pode te auxiliar nessa jornada, há outras metodologias e técnicas para capturar informações relevantes.

Uma delas é o Social Listening, que auxilia no monitoramento do que é dito sobre seu negócio nas redes sociais. Descubra como aplicá-la:

Customer Service é uma área que todo negócio deve ter para se aproximar do cliente. Entenda o porquê e como implementá-la em sua empresa:

Como a transformação digital muda a forma de lidar com a buyer persona?

A transformação digital pode auxiliar uma organização a atingir o seu objetivo quando deseja alcançar um lugar de destaque em seu segmento. Por isso, conhecer e saber lidar com a buyer persona é um processo obrigatório para fortalecer sua autoridade no mercado. 

Algumas estratégias de marketing já não têm tanta eficácia na obtenção de bons resultados, pois as tendências de consumo e utilização de produtos e serviços se fundiram em um só comportamento.

Distribuir conteúdo offline em qualquer lugar, criar campanhas sem segmentação, optar por marketing de relacionamento sem foco na experiência do cliente e tantas outras são alguns exemplos que podem atrapalhar suas pretensões com o marketing digital. 

Sua empresa está no caminho da transformação digital? Essa é a hora de estabelecer novas formas de relacionamento com o seu público para não ficar pra trás. 

Então, conheça e entenda quem está interessado naquilo que você produz para potencializar suas oportunidades.

Neste conteúdo, reunimos algumas dicas para ajudar você com isso. Vamos lá?

Melhore sua relação com a buyer persona

A buyer persona deve ser protagonista nas relações com a marca, porque as “regras” de mercado são estabelecidas de acordo com suas necessidades. 

É preciso saber que o estilo de consumo da buyer persona evoluiu muito com a tecnologia – e entender como isso aconteceu. 

Por isso, analisar constantemente o comportamento do seu consumidor é um fator muito importante quando falamos em transformação digital.

Esse tipo de estudo pode ajudar você a basear as decisões da sua empresa em dados, o que significa uma escolha ainda melhor.

Inserir o consumidor no processo de decisão é uma boa escolha para fidelizar e gerar tráfego no site da sua marca e garantir uma experiência satisfatória.

Otimize a comunicação da sua empresa com soluções digitais 

Otimizar sua comunicação é muito importante para extrair insights de como conversar com a sua buyer persona em todos os canais. Faça isso estabelecendo um elo entre marca e consumidor. 

O planejamento estratégico da sua transformação digital precisa ser efetivo o bastante para atrair os usuários aos canais de comunicação.

A partir daí, inovar os métodos de tratamento à buyer persona, que busca por ambientes cada vez mais interativos, favorece a efetividade do negócio. Saiba como começar: 

Foco na jornada de compra

Geralmente composta por algumas etapas de Marketing de Conteúdo, essa estratégia conduz seu possível cliente ao objetivo final.

Para conseguir levar a buyer persona até o fim do processo, é preciso entender cada etapa para iniciar a produção de conteúdo.

1 – Aprendizado e descoberta

Aqui, o objetivo é despertar o interesse do consumidor para uma oportunidade de negócio, pois o problema ou necessidade ainda não está claro.

2 – Reconhecimento do problema

Neste ponto, o cliente já está familiarizado e reconhece que há um problema a ser resolvido. Agora o foco é despertar a necessidade de buscar soluções.

3 – Consideração da solução 

Aqui o lead já tem alguma noção de saídas para lidar com o problema. Faça com que ele comece a considerar sua empresa como uma boa opção para isso.

Portanto, trabalhe o senso de urgência, para que a decisão sobre escolher os seus serviços seja tomada rapidamente.

4 – Decisão de compra

Nesta etapa, o consumidor está decidido a comprar. Aqui é o fim do processo.

Chegou a hora de destacar os diferenciais do seu produto em relação aos concorrentes (mostre que é a melhor opção). 

Copywriting 

Explore técnicas de copywriting ao produzir conteúdos objetivos, leves e que atraiam, sempre focando nas dores, desejos e objeções da buyer persona. 

Você pode fazer isso utilizando os seguintes gatilhos mentais, por exemplo: 

UX

Uma visão detalhada da buyer persona no cenário digital é essencial! Isso será muito valioso para acertar em suas estratégias de marketing e vendas

Além disso, é importante saber que o foco aqui será sempre o cliente e o quanto seu website garantiu sua satisfação.

Uma forma de conquistar uma boa experiência de usuário (UX) é oferecer pesquisas de satisfação após os serviços prestados. 

A interação entre buyer persona e organização deve ser natural e benéfica. Isso cria um elo emocional e marca a experiência no imaginário dos clientes.

Entender e valorizar a buyer persona é prioridade!

Portanto, mais do que saber os pontos em comum do público-alvo (gênero, idade, renda, etc), faça um mapeamento do seu consumidor ideal para entender o que faz, o que e como gosta de consumir, e por aí vai… 

Assim, você terá base em dados verdadeiros para direcionar da melhor forma possível suas as estratégias, seja no pré ou pós-venda. 

Dessa forma, alinhadas a um posicionamento digital capacitado, essas técnicas e estratégias serão um diferencial para o bom desempenho da marca. 

Então, o que está esperando? Coloque em prática tudo que aprendeu até aqui e veja o desempenho do seu negócio melhorar daqui pra frente. 

Aproveite e confira no blog Layer Up diversos conteúdos que podem enriquecer ainda mais a transformação digital da sua empresa.

Se a sua empresa está em processo de transformação digital, veja como mudar a forma de lidar com a buyer persona para melhorar suas vendas.

Contato//

Fale com um especialista, tire dúvidas ou deixe sua sugestão para a Layer Up. Nosso time está pronto para dar um UP em seu negócio e entregar os melhores resultados!

    Newsletter

    Assine a newletter e receba informações do mundo digital.