Agile Marketing: como rodar projetos complexos em pouco tempo?

O Agile Marketing promete maior produtividade para sua equipe, sem deixar de lado a qualidade do trabalho e otimizando recursos a todo tempo.

O conceito surgiu da gestão ágil, desenvolvida na década de 80 para o mercado de softwares devido às novas exigências por inovação e rapidez trazidas pela tecnologia.

Sua estruturação aconteceu pois os profissionais perceberam que o modelo tradicional para gestão de projetos, com suas milhares de etapas, mais atrapalhava do que ajudava nas entregas.

Metodologias ágeis: dores e soluções

Mesmo que a gestão ágil esteja presente no mercado há cerca de 40 anos, as metodologias ágeis surgiram somente nos anos 2000.

Os especialistas do mercado tecnológico decidiram criar o chamado “manifestok ágil” em 2001. Isso porque o “boom” dos computadores fez com que a cobrança por resultados aumentasse e o tempo para entregas diminuísse consideravelmente.

O consumidor, agora com maior acesso a informações, tornou-se mais crítico e exigente. Além disso, a tecnologia permitiu que marcas menores passassem a competir dentro do mercado.

Em resumo, com um mercado mais competitivo, projetos cada vez mais complexos, um consumidor mais exigente e prazos curtos, era necessária uma mudança de mentalidade.

Manifesto ágil e os fundamentos da mudança

Foi essa necessidade que motivou 17 desenvolvedores de grandes empresas a se encontrarem e desenvolverem o manifesto. Apesar de usarem métodos de gestão diferentes, os princípios eram os mesmos. Fundamentos que foram traduzidos nesse guia.

É importante ressaltar que, apesar de ter sido desenvolvido para o mercado tecnológico, o manifesto serve de base para qualquer negócio ou setor que busca por resultados melhores.

Em resumo, eles priorizam a entrega contínua e adiantada, sempre com valor agregado. A capacidade de adaptação também tem papel importante nas metodologias ágeis, já que devem contar com otimização frequente.

Os profissionais de negócios e profissionais da operação devem trabalhar em conjunto, com alinhamentos rotineiros, e o ritmo dos projetos deve ser constante e sustentável.

A simplicidade deve ser adotada: menos etapas na gestão, com redução de custos e tempo desnecessários. Além disso, é essencial que as equipes de reúnam de tempos em tempos para discutir mudanças e melhorias.

O motivo pelo qual essas definições ainda são altamente procuradas hoje é um só: elas refletem os passos para uma entrega de sucesso, especialmente se o seu projeto for complexo.

Agile marketing: como aplicar em meu negócio?

Agora que você conhece todos os benefícios das metodologias ágeis, é preciso pensar em como aplicá-las ao marketing da sua empresa.

Mas o que significa ser realmente ágil em termos de marketing? Em primeiro lugar, é oferecer a solução que sana as dores do seu público.

Uma verdadeira solução

Muito mais do que vender um serviço ou produto, é conhecer tão bem o consumidor a ponto de entender sua verdadeira necessidade, entregando a solução certa na melhor hora.

Para alcançar esse patamar, é preciso prezar pelo planejamento, experimentação e análise de dados. Faça um estudo de mercado, conheça a fundo sua concorrência, mapeie possíveis oportunidades.

Com essas informações, fica mais fácil traçar uma jornada de compra estratégica para posicionar a sua marca, vender mais e fidelizar em pouco tempo.

Experimentação e adaptabilidade

Em segundo lugar, experimente! Mas mais do que isso, mensure e analise os resultados dos seus testes. Só é possível saber se suas ações estão apontando para a direção certa analisando relatórios e reportes constantemente.

Imagine que você traçou o planejamento e acabou se esquecendo de um item importante para seu público. Ao rodar sua operação, verá que os números não são como esperado. 

Quando você tem um controle das variáveis e faz diferentes experimentações, logo descobrirá qual é o seu gargalo. E, assim, poderá otimizar as produções.

É importante reforçar que a experimentação não vai trazer melhorias estrondosas logo de cara. É muito difícil conseguir otimizar somente um ponto da campanha e ter uma melhora de 100%.

São pequenas mudanças praticadas no dia a dia que farão a diferença no fim do mês: um aumento de 10% na taxa de abertura aqui, um crescimento de 5% nos cliques ali. 

Todos na mesma página

No agile marketing, nada é cravado na pedra. Além das análises práticas, os alinhamentos constantes entre as equipes, chamados também de sprints, renderão insights e ideias que podem ser aplicadas ao seu negócio, encurtando caminhos e agilizando processos.

Etapas menores, mais entregas

Lembra quando falamos que um dos objetivos da gestão ágil era reduzir as etapas da gestão de projetos? Isso também se aplica ao marketing.

O ideal é dividir projetos longos e complexos em pequenas fases, segmentando as entregas e garantindo mais assertividade para cada item.

Pense em prazos de até 30 dias, por exemplo. Além de garantir maior cuidado com os processos, caso algo não ocorra como o cliente espera em uma das fases, todas as outras não serão comprometidas.

A chances de acertar aumentam muito. A Layer Up usou essa divisão para um de seus cases de sucesso, a Pressure.

Equipes multidisciplinares

O Agile Marketing conta com equipes consideradas multidisciplinares, feitas de colaboradores de diversas áreas unidos em um só projeto. A ideia é trazer diferentes perspectivas sobre usabilidade, divulgação e etc.

As reuniões diárias para assegurar o alinhamento de todos não devem passar dos quinze minutos. Existe também um tempo de adaptação a ser observado pelos gestores.

Seu negócio precisa de mudanças

Aproveite os aprendizados do Agile Marketing e transforme a sua empresa. Nós da Layer Up também usamos o Funil de Vendas em Y, metodologia de marketing e vendas que possibilita maior análise e mensuração de dados, experimentação e resultados a curto, médio e longo prazo.

Explicamos tudo sobre ela em um webinar gratuito. Confira:

Saiba como utilizar a metodologia ágil no marketing digital

Basicamente, a metodologia ágil (também conhecida como Agile) surgiu a partir de um manifesto.
Um grupo de programadores lançou a ideia em 2001, com o objetivo de adotar processos ágeis para elevar os níveis de produtividade, melhorar os resultados e garantir a satisfação do cliente.

Na prática, ela é bem simples! Oferece etapas curtas e métodos mais leves que, unidos à integração constante na equipe, potencializam as entregas.

Ou seja, tendo uma parte do projeto publicada, mesmo não completa, você evolui esse material de acordo com as necessidades do cliente.

Então, se você quer melhorar o planejamento e gestão dos seus projetos, essa metodologia é uma ótima opção, já que essas metas são indispensáveis para ter sucesso na era digital.

Principais práticas ágeis para implementar em sua empresa

metodologia ágil marketing digital
A metodologia ágil é responsável pela criação de métodos muito presentes no meio corporativo, como o Kanban, Scrum e Lean. Saiba mais sobre eles:

Scrum

A metodologia Agile Scrum é um recurso interativo que envolve técnicas, ferramentas e conceitos pré-definidos para resolver problemas nos projetos.

Com ela, um dos benefícios é ter à disposição valores, práticas e princípios alinhados com as necessidades da sua empresa. É ganho certo!

Para isso, a equipe precisa de autonomia e noção de como se organizar durante o projeto, que possui três importantes tarefas:

Um dos integrantes fica responsável por organizar as reuniões e garantir o bom andamento do projeto (Scrum Master). Além disso, há o Product Owner, que deve avaliar as entregas como se fosse o próprio cliente.

Kanban

Esta prática, por meio de um quadro de atividades, auxilia a equipe com uma visão geral e objetiva do trabalho.

Nesse processo, há uma regra: para começar uma nova tarefa, finalize a anterior. Assim, fica mais simples organizar tudo o que está sendo feito.

Com a Kanban, o tempo de cada etapa tem precisão, as regras de progressão ficam claras e problemas são identificados rapidamente, o que ajuda a resolvê-los. Um sonho! 

Lean

Bastante utilizada em startups, a Lean é uma técnica de redução dos processos focada em evitar excessos e o desperdício de recursos.

Com isso, ela une aspectos de marketing, gestão e tecnologia num conceito chamado MVP (Minimum Viable Product ou produto mínimo viável):

  1. Minimum: qual o menor tamanho possível de produção para que o produto seja entregue mais rápido?
  2. Viable: o produto é relevante a ponto de atrair a atenção do cliente para adquiri-lo?
  3. Product: qual é a utilidade do produto e sua finalidade?

Dessa forma, produzir com o mínimo possível ajuda a manter a qualidade e o interesse do cliente final, reduzindo custos e melhorando a produção. Além disso, dá para obter o máximo de eficiência.

Veja como unir a metodologia ágil ao seu marketing

metodologia ágil marketing digital
Agora você já sabe que a metodologia ágil é um bom caminho para lidar de forma rápida e eficaz com o que seu cliente deseja, certo?

Com ela, seus projetos vão passar a ser produzidos com mais qualidade e, é claro, agilidade máxima.

Mais do que isso: é a chance de adotar uma nova cultura organizacional com melhores entregas, na qual uma das prioridades é valorizar “indivíduos e interações mais que processos e negócios” (princípio do Manifesto Ágil).

Confira a seguir alguns exemplos de como usá-la no seu negócio.

Marketing Agile

Por ser uma área que lida com diversos canais ao mesmo tempo, o marketing digital acaba tendo mais tendência a adotar práticas ágeis, ou pelo menos deveria…

Isto porque, dá para utilizar os métodos acima para alinhar os objetivos comerciais da empresa e da equipe de vendas, aprimorar a comunicação do time de marketing e muito mais.

Então, seguindo pelo caminho do marketing Agile, você precisa saber que, para dar certo, esse processo segue algumas regras:

  1. A colaboração, velocidade e divisão de responsabilidade nas entregas deve ser constante
  2. Lembre-se: tudo deve estar devidamente alinhado, sempre focando a simplicidade dos processos
  3. Faça uma análise de dados e desenvolva insights para identificar pontos de dor e novas oportunidades.
    Para isso, convoque reuniões diárias para que cada um mostre o que foi e será feito (comprometimento é tudo!)
  4.  O cliente deve ser sempre o ponto central de todas as decisões tomadas. Afinal, chefe é chefe!

Gostou do conteúdo? Então, aproveite outras dicas do Blog Layer Up e comece já a sua transformação digital!

Já ouviu falar em metodologia ágil ou “Agile”? A crescente busca por este conceito é reflexo da transformação digital, que é uma realidade!

Contato//

Fale com um especialista, tire dúvidas ou deixe sua sugestão para a Layer Up. Nosso time está pronto para dar um UP em seu negócio e entregar os melhores resultados!

    Newsletter

    Assine a newletter e receba informações do mundo digital.