Podcast: um guia completo sobre o modo de consumo de informação em áudio

A transformação é algo que faz parte da humanidade. É por isso que a comunicação se adapta frequentemente às necessidades da civilização. Diante desse cenário, o podcast surgiu e rapidamente ganhou grande popularidade.

Seja pela falta de tempo ou pela rotina corrida, as pessoas buscam sempre pela praticidade. Por conta desse fator, a entrega de informações foi obrigada a se adaptar à nova realidade da sociedade.

Hoje, é muito difícil uma pessoa parar todas as suas atividades para se informar sobre o que acontece no mundo. Mas isso não quer dizer que elas não tenham interesse nesse tipo de informação!

Assim, comunicadores pensam constantemente em ferramentas e técnicas que otimizem o consumo de conteúdo.

Aumente o som: o crescimento do podcast

Aprimorar o seu conhecimento, obter informações sobre novos assuntos, se atualizar sobre o que está acontecendo no mundo: essas são apenas algumas vantagens proporcionadas pelos podcasts.

Esse novo meio de comunicação funciona como um rádio. O diferencial que o torna tão atrativo é o fato de que o conteúdo disponibilizado pode ser acessado a qualquer momento e aborda diferentes assuntos.

Antes, eles não possuíam um canal específico para serem veiculados. Conforme foram ganhando mais popularidade, serviços de streaming como o Spotify, o Deezer e a Apple Music passaram a abrir maior espaço para esse produto. Hoje, o podcast online ganhou um público fiel.

Uma pesquisa realizada pelo Podcast Stats Soundbites indica um crescimento muito grande de ouvintes no Brasil. Em 2009, o número de downloads de podcasts no país não chegava ao top 10 do ranking. Dez anos depois, em 2019, fica apenas atrás dos EUA, com mais de 100 milhões de reproduções!

Podcast e negócios: essa combinação dá certo?

No universo do podcast, as opções são ilimitadas!

Isso quer dizer que os ouvintes são capazes de encontrar canais que abordam assuntos bastante distintos. Enquanto alguns utilizam esse meio para discutir temas como cinema e televisão, por exemplo, outros falam sobre economia, sexualidade e vários outros tópicos.

Por causa disso, empresas e agências enxergaram no podcast online uma oportunidade de investimento. Veículos de comunicação famosos e grandes no Brasil, como a Folha de S. Paulo e o Estadão, já oferecem esse produto para o seu público!

Mesmo assim, muitos acreditam que essa combinação não dá certo e não atrai uma plateia fiel. Na verdade, essa técnica vem ganhando muitos adeptos justamente por provar o contrário.

Isso porque, com ela, você consegue engajar clientes, divulgar o trabalho realizado pelo seu negócio e demonstrar todo o seu conhecimento e autoridade no assunto. Mais do que isso, faz com que o nicho de interessados se expanda.

Ou seja, o podcast também pode ser um meio para que você aumente a popularidade de um segmento específico. 

5 passos importantes para garantir o sucesso de seu podcast

Existe a ilusão de que criar um podcast online é algo muito fácil de ser feito. Afinal, todas as pessoas possuem um gravador no celular.

Entretanto, criar um conteúdo profissional, que realmente seja capaz de captar a atenção do público, é um grande desafio.

Programas amadores podem fazer certo sucesso mas, a longo prazo, é importante que eles evoluam e ofereçam um produto de maior qualidade.

Com isso em mente, separamos 5 passos importantes que você deve levar em consideração na hora de gravar o seu podcast. Confira!

Planejamento

Antes de tudo, é importante não deixar que a empolgação faça você cometer erros.

Pare, respire fundo e se prepare para planejar com atenção os mínimos detalhes e elementos que irão compor o seu podcast.

Primeiro, é necessário ter em mente qual é o tema principal que o seu projeto irá abordar. A partir dele é possível criar uma lista com todos os assuntos que poderão ser discutidos no futuro, e ter isso bem claro logo no início do trabalho ajuda a não cometer erros.

Depois, é preciso estabelecer qual é o público que você quer atrair. Isso irá direcionar todos os outros passos e irá te ajudar a criar a persona que vai conversar com esse alvo.

Equipamentos

Já falamos sobre a importância de oferecer um conteúdo de qualidade para os ouvintes. No caso do podcast online, isso não se refere somente àquilo que é falado durante o episódio, mas também com quais equipamentos o programa é gravado.

Um áudio limpo e sem a presença de barulhos externos é essencial por dois motivos: passa a sensação de profissionalismo, e também gera maior conforto para o público.

Por isso, é importante investir nesse quesito. Utilizar microfones próprios ao invés daquele presente em fones de ouvido, que acabam gerando ruídos, é um ponto que deve ser levado em consideração.

Sabemos que nem todas as pessoas podem gravar o podcast em um ambiente isolado acusticamente. Mas sempre é possível procurar por locais mais tranquilos.

Em sua própria casa provavelmente existe aquele cômodo calmo, raramente visitado por outros moradores; ele pode se tornar o seu estúdio!

Roteiro

Muitos possuem uma grande aversão aos roteiros de podcast online. Isso acontece porque, na verdade, as pessoas têm medo de que a conversa perca a naturalidade e se torne mecanizada.

É interessante lembrar que a função do roteiro é apenas guiar os participantes para que eles não se percam durante a gravação, e não ditar todas as partes da conversa.

Sendo assim, esse documento não precisa ser extenso. Você pode, inclusive, anotar somente os pontos-chave para que eles não sejam esquecidos. Veja um exemplo prático:

  1. Vinheta de início
  2. Apresentação dos convidados
  3. Introdução ao tema
  4. Tópicos a serem abordados
  5. Encerramento
  6. Vinheta de encerramento

Pode parecer algo sem muita importância, mas essa simples atividade ajuda muito na hora da gravação!

Edição

Editar um áudio é uma tarefa complicada, principalmente para iniciantes, mas é uma etapa que não pode ser evitada.

Aqui tratamos não somente dos efeitos que serão colocados ao longo do episódio – músicas, vinhetas, entre outros – mas também do tratamento do arquivo.

Retirar ruídos, aumentar ou diminuir o som, deixar as vozes mais claras: tudo isso é feito por meio da edição.

Essas técnicas tornam a experiência de escutar o programa mais agradável. Uma pessoa com fones de ouvido, por exemplo, não vai sofrer com sons muito altos ou muito baixos.

Plataforma

Por fim, é hora de disponibilizar o seu podcast online! Mas em qual plataforma isso será feito?

Existem diversas opções disponíveis. Você pode optar por aquela que mais lhe agrade, pesquisar as que fazem mais sucesso nessa área, ou oferecer seu conteúdo em várias plataformas. A escolha é sua!

Nesse momento, o importante é facilitar o acesso a esse conteúdo e fazer uma boa divulgação.

Com a Faca e o Case

Você realmente achou que a Layer Up ia ficar de fora dessa tendência? É claro que não!

Somos apaixonados por todas as formas de comunicação, e é por isso que criamos o nosso próprio podcast. 

Em Com a Faca e o Case, oferecemos dicas para garantir o crescimento do seu negócio e ensinamos todas as etapas para construir um verdadeiro case de sucesso. 

Afinal, nós fomos a agência ganhadora de Melhor Case de marketing e Vendas pela Resultados Digitais. 

O podcast é uma nova forma de comunicação que vem ganhando muitos adeptos. Veja dicas da Layer Up que garantem o sucesso de seu projeto:

Saiba como fazer um podcast pode trazer benefícios ao seu negócio

Com rotinas cada vez mais agitadas e agendas cheias de compromissos, o podcast passou a ser um importante aliado na vida de pessoas que desejam estudar, se informar ou até mesmo aos que buscam por entretenimento.

Quer se atualizar sobre os assuntos de política? E cinema, te interessa? Futebol? Negócios? Marketing digital e vendas também são opções.

Tem para todos os gostos e por isso ele é considerado uma tendência muito forte no Brasil e no mundo.

O Brasil, por exemplo, ocupa o 5º lugar no ranking mundial de crescimento de podcasts. Segundo estudo realizado pela Globo, o Brasil foi o país com maior crescimento na produção em 2020. Para se ter uma ideia, durante a pandemia, houve um aumento de 57% de pessoas ouvindo o formato pela primeira vez.

Veículos como Folha de São Paulo, Nexo, UOL e Estadão são alguns que já produzem conteúdo regularmente em formato de podcast.

Sua empresa não pode ficar de fora e vamos falar o porquê!

 

Leia também:

 

O que é um podcast?

Estamos aqui falando de podcast, mas esquecemos de perguntar: você sabe o que é um podcast? Se não tem ideia, não tem problema, vamos explicar. Mas, se já souber, pode pular para o próximo tópico, ok?

Podcast é como se fosse um programa de rádio, mas que pode ser consumido quando o ouvinte desejar. Trata-se de um conteúdo em áudio, que é disponibilizado por meio de um arquivo ou até mesmo em plataformas de streaming.

Para construir uma audiência fixa, podcasts costumam focar em um tema. Como apontamos no início, existem programas especializados em cinema, futebol, política, entre outros.

Esse formato de conteúdo em áudio ganhou ainda mais força no fim de 2017 e início de 2018, quando ficou disponível em plataformas de streaming como Deezer e Spotify.

Como a audiência dos podcasts cresceu, a publicidade passou a abrir os olhos para essa oportunidade.

De acordo com o Listen Notes, banco de dados de podcast, existem aproximadamente 1.820.908 podcasts e 88.114.39 capítulos no mundo.

Por isso, grandes grupos como a Rede Globo, O Estado e Jovem Pan, por exemplo, apostam nessa tendência.

 

Como criar um podcast para o seu negócio

Citamos alguns exemplos de assuntos de podcasts ao longo do conteúdo. Não encontrou nenhum que se assemelha ao segmento do seu negócio? Não tem problema!

Tem espaço para todos no universo dos podcasts, basta produzir um conteúdo de qualidade e a audiência virá naturalmente. Mas como criar um podcast de qualidade?

Planejamento

Planejar antes de pôr o projeto em ação é essencial para colher resultados positivos. Por isso, jamais deixe esta etapa de lado, pois ela guiará todas ações do seu novo podcast.

Antes de gravar qualquer programa, você deve dedicar um período para análise do mercado.

Para quem você vai produzir podcasts?

É muito importante estudar o público-alvo — ou persona — que deseja atingir. Esse fator vai interferir diretamente na produção dos podcasts.

Se o podcast for destinado a advogados, por exemplo, não pode ter a mesma linguagem de um programa sobre games. Defina e estude seu público para adotar o tom de comunicação e selecionar as pautas mais adequadas.

Formato

Assim como a definição do tema do podcast, o formato também deve ser pensado com antecedência. Pode ser um programa de entrevistas, informativo, mesa redonda, entre outras alternativas.

Essa decisão pode ajudar na escolha das pautas e roteiros dos podcasts da sua empresa.

Concorrência

A partir do momento que tomamos a decisão de entrar em um novo mercado, estudar a concorrência é primordial.

Nós da Layer Up, por exemplo, quando criamos um canal no YouTube, analisamos os concorrentes e o mercado como um todo.

A partir desse estudo, pontuamos em quais aspectos queremos nos diferenciar e como podemos nos destacar em relação ao que já tem disponível no mesmo formato.

E esse trabalho também deve ser feito quando se pretende entrar no mundo dos podcasts.

Conteúdo

Definiu qual mercado será o foco do seu podcast? Chegou a hora de listar quais conteúdos serão tratados nos primeiros episódios e a frequência que eles serão publicados. Além, é claro, de estipular um tempo médio de duração de cada programa.

 

Leia também

 

Quais os tipos de podcast?

Como já citamos acima, os formatos de podcast são diversos e cada um possui objetivos distintos. Por isso, é importante conhecer os diferenciais entre eles e investir naquele que melhor se conecta com os objetivos do seu negócio.

Conheça alguns formatos a seguir:

Entrevista

Esse é um dos formatos mais tradicionais. Em cada episódio é entrevistado um convidado diferente e os temas podem ser diversos. Um de seus diferenciais é que esse formato possibilita um alcance maior de pessoas, já que chega não apenas a sua rede, como também a da pessoa entrevistada.

Mas, no momento de escolher o convidado, certifique-se que a pessoa tenha o background ideal e seja comunicativo para abordar o assunto escolhido.

Outro grande diferencial é que ele permite que a conversa flua de maneira natural, não necessitando seguir um roteiro à risca.

O podcast em formato de entrevista, além de ter o objetivo de entreter, deve, sobretudo, informar os ouvintes sobre determinado assunto. Por isso, faça uma pesquisa, verifique o que seus concorrentes estão fazendo, faça uma análise sobre quais pessoas são os convidados ideais e depois é hora de gravar.

Informativo

Esse formato é o que mais se aproxima dos programas de rádio e seu objetivo principal é transmitir alguma informação ao ouvinte. 

Mas, diferente de um programa de rádio, esse modelo está disponível a qualquer momento na internet.

Muitos jornais e revistas optam por esse modelo por ser mais prático no momento de informar as notícias do dia. Na maioria das vezes sua duração é curta e são publicados no começo ou ao final do dia.

Painel

No formato de painel, o podcast conta com a participação de mais de um convidado para debater um assunto. Ele funciona como uma espécie de mesa-redonda, na qual todos têm espaço para falar, sejam os temas definidos antes ou não.

Individual

Como o próprio nome supõe, esse formato de podcast é conduzido por apenas uma pessoa. Por isso, o apresentador precisa ter certa desenvoltura para dar dinâmica ao programa e transformá-lo em um conteúdo atrativo aos ouvintes. 

Apesar de mais “solitário”, o podcast individual demanda menos trabalho já que não precisa se ajustar à agenda de nenhum entrevistado e não há a necessidade de se preocupar com inúmeros equipamentos.

 

1, 2, 3 gravando

Além de um conteúdo de qualidade, ter uma boa gravação é fundamental para conquistar uma audiência. Você ficaria ouvindo um áudio de 30 minutos com um eco no fundo? Pois é, nem sua audiência.

Ter um microfone de ponta não garante uma boa gravação. É preciso investir em um ambiente que possibilite um áudio sem ruídos e, assim, poupará trabalho de edição.

Barulho de ar-condicionado, portas abrindo e fechando, televisão ou rádio ligado impactam na qualidade da sua gravação. Muito mais do que você imagina! Portanto, fique atento a esses detalhes.

Além disso, tome cuidado com a posição do microfone, caso escolha um headset. Se posicioná-lo muito próximo à boca, a chance de ter ruído e sopros na gravação é grande. Então, procure deixá-lo pouco abaixo ou acima da boca do locutor.

 

Podcast no ar

Para publicar seu podcast, você precisa de duas coisinhas: um lugar para hospedar e um feed RSS, que possibilita a reprodução do conteúdo nas plataformas.

Se assustou com os nomes? Calma! É mais fácil do que você imagina.

Já ouviu falar no Soundcloud? Trata-se de uma plataforma que faz todo esse trabalho complicado. E mais: essa alternativa para a publicação dos seus podcasts oferece dados estatísticos sobre toda sua audiência.

Essas informações fornecidas pelo SoundCloud podem ser utilizadas para segmentar ações de divulgação do podcast, por exemplo.

No final de 2017, como falamos no início do conteúdo, surgiram as opções do Spotify e Deezer, que fazem trabalhos semelhantes ao SoundCloud. Para entender na prática como publicar um podcast, vem conferir três importantes passos:

Escolha um serviço de hospedagem e distribuição 

Existem inúmeros aplicativos que as pessoas usam para ouvir podcasts, Google Podcast, Deezer, Spotify, Apple Podcasts, entre outros, mas isso não necessariamente significa que você precisa subir cada episódio manualmente nas diferentes plataformas, já que é possível simplificar esse processo.

O trabalho começa por meio de um feed RSS, que é um distribuidor de conteúdo capaz de distribuir o áudio, a imagem e a descrição em texto de cada podcast.

A maneira mais prática de utilizar o feed RSS é assinar um serviço específico para publicação de podcasts. Alguns deles são:

Configure seu feed

Esse é o momento de definir o nome do podcast, autoria, descrição e imagem. Vale a pena lembrar que seu programa será distribuído para o mundo todo, então essa é uma boa hora para soltar a criatividade e escolher um nome criativo.

Teste seu feed

Muitos serviços de hospedagem e distribuição de podcast exigem que você cadastre seu feed manualmente em algumas plataformas. Diversos serviços de hospedagem utilizam o diretório da Apple como fonte, ou, em outras palavras, eles “pegam” os episódios de lá.

Conferir se seu feed está configurado de maneira correta. Além de ser uma forma de prestar um serviço de qualidade, é, sobretudo, um cuidado para evitar que seu feed seja “reprovado” pela Apple e em vários outros aplicativos.

Agora é só esperar seu podcast ir ao ar e, claro, divulgá-lo em suas suas redes sociais por meio de um copywrite chamativo com gatilhos mentais de curiosidade.

 

Leia também:

 

Como rankear no Google com um podcast?

A partir de 2019, o Google começou a mostrar os episódios de podcast nos resultados de buscas. Mas assim como em outros formatos de conteúdo, conseguir rankear o principal mecanismo de busca orgânica do mundo não é um desafio fácil.

Por isso, separamos alguns importantes passos para gerar mais autoridade para sua empresa e alcançar mais clientes. Vem conferir!

De acordo com o product manager do Google Podcasts, Zack Reneau-Wedeen, para conseguir rankear o Google é necessário ficar atento a três critérios, são eles:

Claro que o RSS do seu podcast precisa estar otimizado para o SEO também. Além disso, o podcast é mais uma estratégia de conteúdo para o seu negócio e, por isso, é essencial que ele seja planejado com qualidade e consistência.

Então, mantenha uma frequência que agrade seu público-alvo, selecione temas que sejam interessantes, verifique se a identidade visual está de acordo com a sua marca e garanta que o áudio tenha boa qualidade.

A união entre um bom planejamento e uma audiência alta serão cruciais para o sucesso do seu podcast. Esse formato de conteúdo, além de proporcionar uma experiência imersiva por meio de um storytelling interessante, é capaz de gerar mais autoridade para sua empresa.

 

É possível monetizar o seu podcast?

Sim! O melhor de tudo é que essa é uma estratégia que funciona muito bem. 

De acordo com a pesquisa “A influência da publicidade digital no universo dos podcasts” — realizada pelo IAB Brasil em parceria com a Offerwise —, 59% dos ouvintes se lembram de anúncios apresentados durante a programação em podcast. Mais importante ainda é que metade dos ouvintes entrevistados afirmou ter realizado alguma ação após serem impactados por anúncios de programas.

Ou seja, além de oferecer conteúdos diversos e interessantes, o podcast é capaz de atrair uma audiência engajada e receptiva à publicidade.

A pesquisa ainda trouxe outros dados: 56% dos entrevistados disseram efetuar algum tipo de ação a partir de um anúncio; 37% procuraram saber mais sobre o produto ofertado; 27% quiseram saber mais sobre o produto e acessou o site; 18% passaram a acompanhar a marca nas redes sociais e 10% efetuaram uma compra.

Fonte: IAB Brasil em parceria com a Offerwise.

Antes de monetizar seu podcast, é preferível que você já tenha uma audiência significativa com uma média boa de episódios já publicados. Depois busque trazer anúncios que se relacionam com a sua persona, já que as chances de obter melhores resultados e aumento no faturamento são mais altas.

É importante também mensurar os números do seu programa. Com uma cultura data driven é possível coletar informações relevantes e entender qual o impacto do seu podcast para seu público.

Por isso, colete e analise os números do seu programa antes de buscar um patrocínio. Afinal, um bom portfólio é crucial.

Você também pode optar pela venda de produtos de outras pessoas. Essa estratégia é feita ao disponibilizar um código ou link para seus ouvintes realizarem a compra.

Por último, você pode optar pelo acesso premium que, como o próprio nome supõe, é exclusivo para quem ajuda o podcast por meio de doações. Além de ser uma forma de fidelizar o público, essa é uma importante estratégia para oferecer produtos e serviços de qualidade.

Algumas opções de acesso exclusivo são:

 

Podcasts que valem a pena conferir 

O podcast é um formato de conteúdo muito dinâmico que permite que os mais diversos tipos de assuntos sejam debatidos.

Desde notícias diárias a humor, passando por esportes e chegando até mesmo a assuntos polêmicos, o podcast é um excelente formato de conteúdo para empresas que buscam gerar mais autoridade e conquistar novos públicos. 

A seguir, conheça os podcast mais escutados no Brasil e tenha insights inovadores para produzir o seu programa:

Mano a Mano

Podcast apresentado pelo rapper Mano Brown, membro do grupo Racionais MC’s, possui formato de entrevista e já recebeu diversas personalidades influentes.

Além de temas importantes, o Mano a Mano possui um formato acessível, pois é disponibilizado de forma gratuita pelo Spotify.

Horóscopo Hoje

O podcast traz previsões diárias sobre o universo dos signos com bom humor e convidados especiais.

Café da manhã

Muito popular, o podcast Café da Manhã é produzido pela Folha de S. Paulo em parceria com o Spotify e aborda política, assuntos cotidianos, economia, ciência, cultura, saúde, entre outros temas.

 

A Layer Up em todo lugar!

Compreendendo que o mercado do podcast está em alta e que o Brasil tem cerca de 30 milhões de ouvintes, a Layer Up desenvolveu um programa exclusivo, que não apenas traz conteúdos relevantes sobre o mercado de marketing, vendas e inovação, como também apresenta cases e dicas valiosas para quem busca ganhar mais autoridade no digital.

Lá contamos um pouco da nossa trajetória no universo online, explicamos como são feitas as estratégias digitais de nossos parceiros e contamos um pouco da nossa rotina.

Vale a pena conferir e entender como uma proficiência analítica, profissionais dedicados e ir além do esperado tornaram a Layer Up a Melhor Agência do Brasil em 2021 pela RD Station.

Não deixe de conferir o podcast da Layer Up!

 

Seja a fonte de informação dos seus clientes

O podcast, como você já sabe, surgiu como alternativa que facilita o consumo de informações.

Por exemplo, o trânsito significa uma perda enorme de tempo para muitas pessoas. Se o público deseja aprender inglês ou qualquer outra língua, por que não ouvir um podcast especializado no tema?

Seria uma maneira de otimizar um tempo que até então era perdido em um aprendizado. E isso se aplica a diversas situações em que “perdemos tempo” diariamente.

O que você está esperando para ser a fonte de confiança dos seus clientes e ganhar cada vez mais autoridade no mercado?

Mais que o rádio do futuro: o podcast pode trazer autoridade para o seu negócio e uma boa relação com o público-alvo. Saiba como criar o seu!

Contato//

Fale com um especialista, tire dúvidas ou deixe sua sugestão para a Layer Up. Nosso time está pronto para dar um UP em seu negócio e entregar os melhores resultados!

    Newsletter

    Assine a newletter e receba informações do mundo digital.