Penalidades do Google para sites: por que é importante conhecê-las?

Obter um bom ranqueamento nas principais ferramentas de pesquisa da internet é um dos objetivos de todos os sites. Afinal, esses buscadores são uma das principais fontes de leads de um negócio. Por isso, é importante ficar de olho nas penalidades do Google.

Assim como todos os outros buscadores, o Google possui algumas normas. Duplicar conteúdos e camuflar palavras-chave, por exemplo, são ações que vão contra as suas regras.

Dessa forma, o buscador fica atento às páginas que seguem as suas diretrizes, oferecendo maior destaque à elas e punindo aquelas que não cumprem com seu regulamento.

Evitar as suas penalizações, portanto, é importante para não colocar em risco a boa posição que foi conquistada por seu site. Mas como fazer isso? Vamos explicar!

As principais penalidades do Google e como evitá-las

As penalidades do Google possuem grande relação com o posicionamento de um site em suas páginas de resultados.

Os usuários, ao fazerem suas pesquisas, entendem que os links que aparecem primeiro são mais importantes e confiáveis. Sendo assim, é justamente esse ranqueamento que é afetado quando somos punidos.

Essa redução pode ser divida em algumas classificações, que variam entre a perda de 30 a 950 posições – tudo depende da gravidade do erro cometido em seu site.

Além disso, em casos mais extremos, é possível ocorrer a desindexação da página e do domínio, assim como a dificuldade de indexar novas páginas. A exclusão total do seu site dos resultados da ferramenta também pode ser realizada.

Mas por que isso acontece? Muito provavelmente, os bots do Google identificaram algumas ações que vão contra as suas diretrizes. Propositalmente ou não, isso automaticamente acarreta em uma penalização.

Para evitar esse tipo de ocorrência, portanto, é necessário ficar de olho nas principais regras do buscador. Assim, é possível garantir que todas as ações referentes ao seu site estão de acordo com as regras da ferramenta.

Meu site foi penalizado: e agora?

De acordo com o Internet Live Stats, o Google processa cerca de 3,5 bilhões de pesquisas por dia. É por isso que, quando temos um site penalizado, é comum ficar preocupado: o seu alcance abaixa consideravelmente, o que impacta diretamente em seu desempenho.

Em momentos como esse, é importante manter a calma. É possível se recuperar desse tipo de situação.

Antes de tudo, é necessário entender por que o seu site foi penalizado. Você vai receber uma notificação e, ao analisá-la com atenção, é capaz de compreender o que deve mudar para recuperar o bom posicionamento no buscador.

Além disso, é interessante checar todas as páginas do seu site. Analise os conteúdos, os links e tudo que é oferecido ao cliente. Otimize as informações, e reformule tudo aquilo que pode interferir em seu caso.

Depois de corrigir todas as falhas, é hora de fazer o pedido de reconsideração no Google. O processo pode ser um pouco demorado, afinal, todas as páginas de seu site serão avaliadas. Sendo assim, é importante ter paciência.

Fique atento: o Google está sempre atualizando as suas diretrizes

Apesar de ser uma situação bastante desagradável, é comum que sites sejam afetados pelas penalidades do Google.

Isso porque as diretrizes e algoritmos do Google mudam constantemente, passando por várias atualizações. Assim, podemos cometer algum tipo de infração sem nem ao mesmo termos conhecimento disso.

É por esse motivo que é tão importante ficar atento e procurar saber mais sobre as suas normas.

Além disso, possuir estratégia e um posicionamento digital bem estruturado pode evitar esse tipo de problema. Em nosso blogpost, damos algumas dicas sobre o assunto

Gestão de sites: dicas essenciais para marcar presença na internet

Vivemos em um mundo moderno e atualizado que usufrui dos benefícios tecnológicos a todo momento. Sendo assim, é importante que as empresas fiquem atentos a essas necessidades para que o sucesso de seu empreendimento não seja abalado. Por isso, mais do que simplesmente possuir um domínio na internet, hoje em dia é preciso investir na gestão de sites.

O grande fluxo de páginas no meio online faz com que a competição nessa área se torne cada vez maior. Assim, é necessário apostar em técnicas que garantam o sucesso de projetos no ambiente digital.

Nesse cenário, a gestão de sites se destaca por apresentar uma série de soluções que tornam uma página relevante na internet, o que obviamente aumenta a sua popularidade e o seu fluxo.

Mas por que o meu negócio precisa ter um site?

Já parou para pensar em como a nossa vida, atualmente, revolve em torno da internet? Sempre que precisamos fazer uma pesquisa, recorremos aos buscadores online.

E, se o seu negócio não possui um site institucional, vai ficar de fora do fluxo de resultados, o que impacta diretamente na venda de suas soluções e produtos.

Para obter sucesso no mundo dos negócios, portanto, é imprescindível marcar presença na área digital. Caso contrário, a perda de clientes é inevitável.

Mas, como você já deve ter imaginado pelas informações que soltamos acima, é preciso que esses sites sejam montados com atenção. Mais do que isso, a sua gestão deve ser feita com cuidado, e seguindo algumas táticas que garantam o seu sucesso.

3 dicas para garantir uma boa gestão de sites

Existem alguns critérios básicos que devem ser levados em consideração na hora de criar um site. Sua responsividade, por exemplo, é extremamente importante.

Isso porque podemos acessar uma página na internet de diferentes dispositivos: desktop, smartphones, tablets…

As opções são infinitas, e é importante que o nosso site se adapte a todas as diferentes telas para suprir diferentes necessidades sem que as informações fiquem desorganizadas e o layout e o design sejam afetados.

Esse fator é um ponto positivo para qualquer gestão de sites, e é um dos fatores que precisam ser pensados no momento da criação do website.

E, tratando de design, é interessante em apostar naqueles que são intuitivos. Eles podem parecer mais simples, mas facilitam a navegação dos futuros usuários, o que diminui a taxa de rejeição.

Agora que já conhecemos os conceitos básicos, estamos preparados para nos aprofundar na gestão de sites!

Ofereça conteúdo de qualidade

Educar o seu público ao disponibilizar conteúdos interessantes e pertinentes sobre o segmento em que você atua oferece vários benefícios.

Isso porque, além de divulgar o seu trabalho e suas soluções, você também se torna referência no assunto.

Dessa forma, a sua marca ganha maior credibilidade, o que pode aumentar as vendas.

Além disso, ao mesmo tempo em que você incrementa o conhecimento de clientes antigos com esses conteúdos, também atrai novos leads que podem fechar negócio no futuro.

Como? Por meio da indexação de palavras no Google. A criação e o desenvolvimento de pautas com temas interessantes para o mercado, portanto, é bastante importante.

Um espaço para blog irá tornar possível a indexação de diversas palavras estratégicas, mostrando seu site como resultado nos motores de busca e aumentando a relevância do domínio.

Nesse caso, o responsável pela gestão de site irá definir a frequência dessas publicações.

Mantenha o site sempre atualizado

Por falar em frequência, é necessário ter em mente que é muito importante manter o site atualizado.

Caso muito tempo passe sem a publicação de um novo conteúdo, os visitantes podem ter a impressão de que o site está abandonado.

Então, é preciso ficar atento para não deixar isso acontecer. Aqui, é interessante contratar agências especializadas nessa produção de conteúdo para que a atividade não acabe passando batida pela correria do dia a dia.

Crie uma boa estratégia de marketing

Para que as ações citadas obtenham resultados eficientes, é preciso que elas sejam feitas com base em uma boa estratégia de marketing.

É importante levar em consideração o público que queremos chamar a atenção, estudando o seu comportamento e criando uma metodologia combine com as suas necessidades.

Além disso, campanhas como a de SEO, Google Ads e aquelas que são feitas para redes sociais também são essenciais.

Elas ajudam a divulgar o site e garantem o seu excelente posicionamento nos buscadores online, o que aumenta os cliques e as vendas.

Bônus: não se esqueça das redes sociais!

O Brasil ocupa o segundo lugar no ranking de países que mais utilizam redes sociais, ficando atrás somente das Filipinas. Por isso, alimentar esse meio com conteúdos relevantes é algo essencial na gestão de sites

Ao mesmo tempo em que se cria uma relação mais próxima com o público de cada aplicativo, essa atividade divulga o site e gera mais engajamento com as publicações já feitas.

Mas lembre-se de ter cuidado com o fluxo de posts para não sobrecarregar os seus seguidores.

E, se você quiser inspiração para criar e fazer a gestão de sites de maneira eficiente, conheça o portfólio da Layer Up! Já desenvolvemos sites para diversos setores.

Como ter um site para empresa de sucesso vai influenciar seus resultados?

Pense no site para empresa como um cartão de visitas. Além de ser o primeiro contato de um possível cliente com a sua marca, pode ser o último passo antes dele fechar a compra. Você está confiante com a primeira impressão que causa na internet?

O design é apenas um aspecto a ser levado em conta. Afinal, um bom site para empresa é aquele que, além de bonito, consegue ser intuitivo, otimizado, rápido, responsivo e bem escrito.

Mas vamos direto ao que interessa: como transformar uma página da internet em uma estratégia de sucesso.

Aqui na Layer Up, temos uma ampla experiência com o desenvolvimento de sites para os nossos parceiros. Por isso, listamos alguns dos principais pontos de atenção que você precisa ter em mente na hora do desenvolvimento.

via GIPHY

UX: User Experience

É impossível falar em tecnologia e não levar em conta seus aspectos técnicos. A forma como o site para empresa é pensado, desenhado e programado influencia muito na sua confiança nele e na experiência do usuário.

É nesse ponto que entra o UX, ou user experience. É o conjunto de elementos de design e programação ligados ao modo como o usuário vai navegar pelo site, ler os textos, clicar em botões, buscar por informações, etc. 

Nas fases iniciais de um projeto de site, é realizado um planejamento levando em conta esse estudo. O UX garante a diferenciação entre um site apenas bonito e um realmente adequado aos hábitos de consumo de informação dos usuários

A leitura é um exemplo, já que é essencial que a navegação seja confortável. Todos os conteúdos precisam ser legíveis, pensando que o usuário pode passar um bom tempo lendo sobre o seu negócio. Um erro muito comum é apostar em um site para empresa com fundo muito escuro, tornando a leitura cansativa.

A arquitetura da informação é outro tópico bastante importante para o UX. É a estratégia que tem como objetivo ajudar os visitantes a encontrar o que estão procurando.

Ou seja, pensar em uma estrutura bem organizada. Sabe quando você entra em uma loja e consegue encontrar facilmente os produtos, provadores e caixas? A lógica é a mesma.

Garantir uma navegação simples e intuitiva já é metade do caminho para um bom site para empresa.

Grande parte dos usuários tendem a não retornar depois uma experiência negativa. É um fato preocupante e, se o seu negócio possui um e-commerce, resulta em prejuízo. Se você já caiu em uma página e saiu sem conseguir fazer o que queria, sabe bem do que estamos falando!

Responsividade do site para empresa

A gente não pode falar em experiência do usuário e esquecer de uma regra importante: nos dias de hoje, todo site precisa ser responsivo.

Na última década, os hábitos de consumo de informação mudaram muito e as pessoas utilizam a internet dos mais diversos dispositivos. Um cliente pode navegar pelo seu site do celular, computador, tablet ou até TV.

Por isso, é importante adotar um design que se adapte aos mais diferentes tamanhos e formatos de tela, sem prejudicar a experiência, imagens e textos.

Lembre-se que o acesso via mobile só cresce em todo o mundo e, muitas vezes, é a opção prioritária das pessoas.

O Google e outros mecanismos de busca também priorizam as páginas responsivas. Então, além de oferecer uma boa experiência ao usuário, você também consegue uma melhor visibilidade nas buscas.

SEO

O SEO, ou search engine optimization, é imprescindível em um site para empresa. É um conjunto de técnicas de otimização para os motores de busca, como o Google, com o objetivo de conseguir uma posição melhor na procura de uma palavra-chave.

Se o usuário pesquisar por “agência de intercâmbio”, por exemplo, os primeiros resultados orgânicos serão conteúdos relevantes e bem otimizados, segundo os algoritmos.

De forma geral, é produzir conteúdos com um bom volume de palavras-chave (não só no texto, mas em descrição de imagens, títulos, meta-descrições, URL’s e afins).

Velocidade do site para empresa

Outro critério importante para que um site para empresa conquiste uma posição de destaque nos mecanismos de busca é a velocidade. Uma página responsiva, otimizada para SEO e com carregamento rápido certamente vai aparecer no topo das pesquisas.

Para o visitante, a velocidade de carregamento também é importante para uma boa experiência. Se levarmos em conta que a maioria das pessoas navega pelo celular, um site pesado e que demora muito para carregar é inaceitável!

Não sabe como está o seu site atual nesse aspecto? O Google tem uma ferramenta chamada PageSpeed Insights que dá a pontuação de qualquer página da internet. Quanto mais próxima do 100 estiver a nota, melhor.

via GIPHY

Integração com outras ferramentas

Já falamos de vários pontos que vão ajudar o seu site para empresa a ganhar destaque nos buscadores e oferecer uma experiência positiva para os visitantes. Mas o que fazer para impulsionar os resultados do negócio?

Uma dica importante é apostar na integração do seu site com outras ferramentas por meio da instalação de tags.

Funciona assim: o desenvolvedor instala linhas de código das ferramentas nas páginas do seu site e depois você pode cruzar esses dados para automatizar processos, analisar visitas com precisão, saber origem de tráfego e vendas e muito mais!

A mais famosa é a do Google Analytics. Depois da instalação, os dados de acesso do seu site são coletados para que você possa fazer toda a análise e acompanhamento em tempo real pela ferramenta do Google. 

Já o Pixel do Facebook permite que você mensure, otimize e crie públicos para campanhas de anúncio da rede social. 

Ao linkar o RD Station ao seu site, você também consegue integrar todos os leads gerados por formulários nas páginas com a sua base na ferramenta, tendo um acompanhamento melhor dos leads. 

Já viu como um site para empresa de sucesso tem muita tecnologia e planejamento por trás, né? Além de tudo o que falamos, ainda é possível investir em páginas de contato com chatbot, para facilitar o atendimento, blog para informar e indexar mais palavras-chave e muito mais. São muitas as possibilidades!

Mas uma coisa precisa ficar clara: um site para empresa precisa ser algo vivo, em constante atualização. Tendo isso em mente e investindo cada vez mais em melhorias, temos certeza de que vai conseguir impulsionar os seus resultados.

Quer inspiração? Nós da Layer Up desenvolvemos diversos cases incríveis para os nossos clientes. Confira:

Um bom site para empresa pode influenciar positivamente nos seus resultados. Confira algumas dicas essenciais para conquistar o sucesso:

Seu site institucional e sua estratégia de Marketing Digital estão alinhados?

 

Se essa pergunta não faz sentido para você, fique alerta: o planejamento estratégico de Marketing Digital pode ser o fio condutor do seu site?

A ponte entre as estratégias de Marketing Digital e os sites institucionais pode estar oculta no seu inconsciente. Isso mesmo, por mais que essas duas ferramentas sejam extremamente utilizadas atualmente, pode ser que a conexão entre elas não faça muito sentido para você.  

Afinal, por que sua empresa deve se preocupar em alinhar um plano estratégico de Marketing Digital ao seu site, se uma dessas ações parece ser mais dinâmica e a outra soa como algo independente, por vezes até mesmo estática? 

Para resolver essa questão é bom voltar um pouco no tempo para tentar entender porque ainda pode existir uma crença de que essas ações não se relacionam.  

WWW, o início 

Relatos históricos mostram que a Internet teve início nos Estados Unidos em 1960, mas foi em 1989 que o WWW (World Wide Web) foi desenvolvido por Tim Bernes-Lee e ganhou destaque. Nessa época o objetivo era apenas gerar uma rede para que universidades compartilhassem e usassem mutuamente diversos trabalhos.  

Durante a Guerra Fria a instituição norte american ARPA (Advanced Research Projects Agency–Agência de Projetos de Pesquisa Avançados) desenvolveu a ARPANET, rede que conectava computadores que continham informações sigilosa do país, para protegê-las de ataques russos. Essateria sido a base para os avanços nos estudos tecnológicos que geraram a Internet.

A ideia se expandiu e chegou a atingir 50 milhões de pessoas em quatro anos. Então, na década de 90, o conceito de Internet se resumia, basicamente, no armazenamento e compartilhamento específico de informação. 

Os sites tinham essa função e foi preciso alguns anos para que fossem criados provedores de Internet e depois a conexão Banda Larga, e assim essa tecnologia batesse na porta da sua casa. 

Só nos anos 2000 é que a Internet evoluiu seu status para um meio de comunicação e relacionamento entre pessoas. A divulgação de informação passou a ser livre e vem ganhando novas vertentes desde então.  

O Marketing passou a integrar esse universo e a utilizar a rede como meio de divulgação e expansão das marcas, tornando o relacionamento com o público mais direta e dinâmica.  

A junção entre a aplicação do Marketing Digital os sites institucionais ocorreu de forma natural, e você provavelmente não sentiu essa mudança porque foi tudo muito rápido. 

Ok, mas ainda não está claro: como a estratégia de Marketing Digital influencia meu site institucional? 

Lembra que comentei que no início a ideia da Internet era compartilhar informações específicas por meio da rede? Pois então, essa ação ainda pode ser considerada como o coração dos sites institucionais 

Sua empresa organiza no ambiente online todas as informações básicas e úteis ao consumidor como: 

→ Mas para todos esses dados valiosos chegarem até o público correto é preciso uma estratégia de divulgação.  

O Marketing Digital chega então como o braço direito do seu site para cumprir o papel atual da Internet, que é comunicar e promover relacionamento. 

Quando falamos sobre estratégias de Marketing Digital nos referimos a atividades como: 

1.Otimização SEO

O Marketing é sim responsável pelas otimizações SEO, ou seja, é por meio dessa atividade que se desenvolvem estratégias para que a busca orgânica da sua marca tenha um bom desempenho.  

Desde a escolha de palavras-chave até a otimização de conteúdo e ações que impactem na velocidade do carregamento de página. Tudo isso também faz parte do papel “comunicador” do Marketing Digital.  

Por que isso é relevante para o site institucional? 

→ Sem essas estratégias seu público dificilmente chegará até seu site e encontrará as informações que precisa. Ou seja, sua marca não será oficialmente apresentada ao seu consumidor.  

2. Envio de E-mail Marketing 

Pintou uma promoção bacana para seus clientes? Então o e-mail marketing pode entrar em ação! 

Essa é uma ferramenta de relacionamento direto com o consumidor e esse canal aproxima bastante sua marca do dia a dia dele.  

Diferente dos anúncios de televisão, por exemplo, uma promoção divulgada por e-mail permite a inclusão de links clicáveis, direcionando o usuário para seu site, ou uma página promocional específica.   

Por que isso é relevante para o site institucional? 

→ Essa é uma ótima ferramenta para guiar o consumidor até seu site para conferir mais detalhes e informações da marca e assim aumentar a credibilidade da sua empresa. Diante de uma promoção, por exemplo, é comum o público criar uma certa desconfiança, e visitar a página oficial da empresa ajuda muito na decisão de compra 

 

  1. Inbound Marketing 

Atrair, reter e fidelizar clientes é o ciclo de metas do Inbound Marketing. Falei sobre isso no blog da Layer Up algumas vezes.  

E essa é uma estratégia excelente para captação de Leads (clientes em potencial), já que à medida em que você cria material em blogs e redes sociais, por exemplo, que trilhem um caminho do conhecimento do produto até sua efetiva função na vida do cliente, é gerado um processo de avanço de etapas que é concluído somente por aqueles que realmente têm interesse na solução oferecida, aumentando muito as chances de compra.   

Por que isso é relevante para o site institucional? 

→ Uma das principais atividades do Inbound é gerar conteúdo relevante para que o consumidor se relacione com a marca e consequentemente também interaja não só com as redes sociais, como também navegue pelo site da empresa na intenção de conhecer um pouco mais sobre ela.  

Por meio dessa estratégia é possível, inclusive, aumentar o número de acessos e ter garantias de que os visitantes são realmente parte integrante do público-alvo. 

4. Campanhas pagas

Seja em redes sociais como Facebook e Instagram, ou na busca do Google, os anúncios e campanhas pagas são fortes aliados do Marketing Digital porque possibilitam uma infinidade de oportunidades de engajamento do público-alvo 

A facilidade que se tem em segmentar o público que se quer atingir e depois mensurar os resultados é o que torna essa estratégia bastante atrativa.  

Por que isso é relevante para o site institucional? 

→ Mais uma vez temos um meio de guiar o consumidor até o site da empresa.  

Mas nesse caso é possível que ele chegue até sua marca por conta de uma urgência, pois o anúncio pode ser programado para ser impresso exatamente para pessoas que tendem a buscar certo produto ou serviço para resolver uma questão imediata. 

Por isso seu site precisa estar otimizado, atendendo com agilidade e orientando o cliente em caso de necessidade.  

Ah, e tem mais: todas as suas ações de Marketing Digital devem utilizar a mesma linguagem do site institucional, para que a comunicação seja clara e evidencie a personalidade da marca. Isso tem que ser muito bem alinhado em ferramentas de conteúdo como: 

Ficou mais clara a importância em alinhar as estratégias de Marketing Digital com seu site institucional? É importante sempre lembrar que esses dois elementos são parceiros e se potencializam quando são trabalhados mutuamente.  

Depois de conhecer um pouco mais sobre as estratégias é hora de saber quais delas se encaixam melhor em seu negócio. Você sabe como fazer essa escolha? 

site institucional

Contato//

Fale com um especialista, tire dúvidas ou deixe sua sugestão para a Layer Up. Nosso time está pronto para dar um UP em seu negócio e entregar os melhores resultados!

    Newsletter

    Assine a newletter e receba informações do mundo digital.