Vender no Instagram: entenda como esta prática pode mudar sua empresa de patamar

Vender no Instagram, desde 2018, passou a ser uma prática comum para grandes empresas — ou até mesmo microempreendedores — que visam aumentar o alcance da marca e, consequentemente, o volume de vendas.

Se você acha que precisa ter um e-commerce estruturado para adotar essa estratégia de vendas, você está enganado! Hoje, é possível fazer isso dentro do próprio Instagram.

Mas por que fazer esse trabalho direto na rede social?

Um número gigantesco de empresas já possui uma conta no Instagram. Você sabia que 80% dos usuários acompanham pelo menos uma marca no seu feed? Os dados são da própria rede.

Vender pelo Instagram é uma oportunidade muito boa para impulsionar os resultados da sua empresa. Você vai ficar de fora mesmo assim?

O segredo do sucesso: vender no Instagram

Vídeo marketing
Investir na criação de um e-commerce, muitas vezes, é sinônimo de dor de cabeça. Porém, como já falamos, vender no Instagram passou a ser uma boa alternativa para muitas empresas.

Um estudo de 2016, da americana Pew Research Center, afirma que 36% do público que navegava na internet estava no Instagram. Metade desses usuários acessava esta rede social todos os dias. Que tal desenvolver conteúdos na sua conta para atingir essas pessoas?

Não é possível inserir links

Um dos pontos que mais pesam contra as empresas que desejam vender no Instagram é a impossibilidade de inserir links nos conteúdos publicados. E essa, até pouco tempo atrás, era a desvantagem do Instagram em relação às demais redes.

O que isso quer dizer?

Quando você se atrai por um produto. Se não tem um link que leve diretamente à página de compra, você entra no site da empresa e pesquisa pelo que desejava? Os usuários, no geral, não têm esse tempo ou têm preguiça de fazer esse caminho.

O Instagram permite link em apenas um campo, na famosa “bio”, ou melhor, biografia. Por esse motivo, a frase “Link na bio” é tão usada pelas empresas que apostam em vendas por meio desta rede social.

Além disso, se você conta com mais de 10 mil seguidores, é possível inserir link nos stories compartilhados com o público.

Não sabe o que escrever na bio?

Algumas empresas entram no Instagram e não sabem muito bem o que escrever em sua biografia. Saiba que esse campo é importante para convencer o usuário que vale a pena seguir sua página.

Várias hashtags? Emojis? Textos gigantes? Esqueça tudo isso!

A bio é o lugar em que você diz em poucas palavras o que sua empresa faz para potenciais clientes que chegam até seu perfil.Veja como fazemos aqui na Layer Up:

Vídeo marketing - Instagram Layer Up

É hora de aprender como vender no Instagram! Está cada vez mais comum no mundo empresarial, veja como é simples de pôr em prática!

Fomos o mais objetivos possível na descrição do nosso trabalho. É preciso ser direto e convincente ao mesmo tempo. Sem rodeios.

Conteúdos relevantes

O Instagram é uma rede social visual, mas vale lembrar: foto também é conteúdo. Portanto, não deixe de produzir peças regularmente para, assim, manter uma audiência dentro da sua página.

Aqui na Layer Up, todo conteúdo que produzimos para o nosso blog é divulgado (com link) no Instagram Stories. Além disso, nós publicamos com frequência vídeos da rotina da agência, o que pode aproximar o público da marca.

Há diversas possibilidades de produzir conteúdos para o Instagram. Responder dúvidas frequentes do público, por exemplo, é mais uma alternativa.

Live

Vídeos ao vivo têm sido uma estratégia muito utilizada pelas empresas que agora tentam vender pelo Instagram. Ao iniciar uma live, todos os seguidores são notificados e podem interagir com sua publicação.

Selecione as novidades mais relevantes e faça lives para anunciar para os seus seguidores. Porém, é preciso ter bom senso para não passar a ser um incômodo para os seus seguidores.

Posts “compráveis” no Instagram

Ver um produto para finalizar uma compra é essencial para os consumidores. Prova disso é a pesquisa do Yotpo sobre o Instagram , que aponta que 72% dos clientes afirmam que ver as fotos de um produto na rede social aumenta as chances de compra.

O mesmo estudo revela que 38% dos clientes afirmam comprar com frequência produtos que foram vistos no Instagram. Ou seja, tentar atingir essas pessoas com seus produtos nesta rede pode alavancar seu negócio!

Para chegar até esse público, você precisa apostar nos posts compráveis. Já se deparou com fotos que, ao serem clicados, disponibilizam valores dos produtos? É disso que estamos falando!.

Com este recurso, os usuários não precisam sair do Instagram e procurar pelo produto. Ao clicar no ícone que indica o valor, ele é direcionado à página que contém o produto desejado.

Porém, para conseguir trabalhar com esse modelo de post, você vai precisar:

O Instagram pode ser uma importante fonte de receita do seu negócio

Como você pôde notar, muitas pessoas estão no Instagram e grande parte delas está disposta a comprar nesta rede social. Por que não investir e tentar aumentar seu faturamento por lá?

Certamente, a ideia dos posts compráveis pode favorecer — e muito — seu negócio.

Mas lembre-se: publicar conteúdos uma vez ou outra não faz sentido. É preciso ter disciplina e manter a rede social a todo vapor e, assim, ser visto pelos seguidores com frequência.

Para que a interação entre público-alvo e marca seja positiva, é preciso estudar o comportamento da persona . Com isso, as ações adotadas certamente serão mais efetivas.

Essa análise comportamental dos usuários do Instagram pode ser um trabalho desafiador.

Nós, da Layer Up, administramos e produzimos conteúdos para as redes sociais dos nossos clientes. Temos ampla experiência nesse tipo de estudo para construir estratégias cada vez mais assertivas.

É hora de aprender como vender no Instagram! Está cada vez mais comum no mundo empresarial, veja como é simples de pôr em prática!

Não fique para trás e inclua uma estratégia de vídeo marketing em suas ações

Já reparou que ultimamente tem sido cada vez mais comum se deparar com conteúdos audiovisuais no feed das redes sociais? Pois é, trata-se de uma estratégia de vídeo marketing que, se adotada pelas empresas, pode gerar resultados significativos.

Tem ideia de quantas informações você consome durante um dia? Não sabemos exatamente, mas ao entrar no Facebook ou Twitter, por exemplo, são dezenas em somente 10 minutos de navegação.

Essa é uma característica da transformação digital: um volume gigantesco de informações na tela do seu celular.

Para se destacar nesse emaranhado de conteúdos é preciso inovar, e muitas empresas já fazem isso usando vídeo marketing.

Segundo pesquisa realizada pela Cisco, até 2020 82% do tráfego da internet será gerado por vídeos. Número impressionante, não acha?

Portanto, aproveitar esse tráfego é quase uma obrigação para sua empresa. Ou você prefere ficar de fora e deixar de atingir seu público-alvo, que certamente está nesse canal?

Afinal, o que é vídeo marketing?

Vídeos que são utilizados para atrair ou reter potenciais compradores podem ser classificados como vídeo marketing. Aqui na Layer, por exemplo, passamos a trabalhar com o nosso canal do YouTube, como pode ver:

Este é um vídeo educacional, ou seja, ele tem como objetivo ensinar nosso público sobre esse tal de Google Ads. Porém, produções audiovisuais institucionais e, claro, as publicitárias, podem ser chamadas de vídeo marketing.

E não pense que estratégias do tipo se limitam ao YouTube. Elas podem ser desenvolvidas para outros canais de divulgação e, mesmo assim, serão consideradas vídeo marketing e terão o mesmo efeito, desde que sejam bem segmentadas.

A segmentação terá cada vez mais importância para que suas estratégias sejam realmente efetivas. Afinal, mais pessoas visualizarão vídeos na web e, para que sua estratégia dê resultados, é preciso conversar com quem deseja te ouvir, ou seja, é preciso segmentar suas ações ao público-alvo qualificado.

Hoje, como já falamos, existe um consumo enorme de vídeos na web, mas, segundo Alvaro Paes de Barros, esse número pode aumentar ainda mais.

Segundo ele, até o final do ano de 2020, o consumo de vídeos online já terá ultrapassado a televisão.
Esta afirmação do Álvaro Paes não é um achismo, ela se sustenta nos dados de consumo dos usuários no YouTube.

Quais serão os benefícios para sua empresa

Vídeo marketing
A mudança de comportamento dos consumidores dita como as empresas devem agir. Hoje, trabalhar com vídeo marketing é uma realidade. Mas o que esse investimento trará para o seu negócio de fato?

Facilidade no consumo de conteúdo

Como você já está cansado de saber, a transformação digital trouxe consigo o excesso de informação. Por isso, na maioria das vezes, os conteúdos mais interativos saem na frente.

E aí que as produções de vídeo marketing entram. Mas não se desespere: isso não representa nenhum tipo de ameaça aos materiais escritos. Com essa novidade, temos que incluir essa estratégias para alcançar bons resultados.

Já existem muitas empresas no Brasil que aderiram às produções audiovisuais em suas ações. As que ignorarem essa realidade, podem estar colocando a saúde financeira do seu negócio em risco.

Fortalecimento da marca

Vídeo marketing também pode ser institucional, para agregar valor à marca das empresas. Essas produções podem ser ligadas ao que a marca defende e como são feitos os trabalhos com os clientes, por exemplo.

Aqui na Layer Up, nós sempre batemos na tecla do empreendedorismo feminino. Afinal, somos uma agência fundada por duas mulheres. Essa estratégia é uma forma de reforçar o que defendemos por meio de um conteúdo institucional.

Nós também buscamos fortalecer nossa marca por meio de filmagens de reuniões com clientes. Destacamos os principais pontos que foram abordados no encontro e publicamos nas redes.

Tráfego orgânico

Ter um bom volume de visitantes orgânicos no seu site, isto é, acessos que não ocorreram por causa de uma campanha paga no Google é essencial para conquistar resultados expressivos em uma estratégia digital.

Segundo pesquisa a The State of Video Marketing 2017, 76% das empresas que incluíram vídeo marketing em suas ações notaram um aumento de tráfego orgânico.

O que isso representa? Com vídeo marketing, você terá mais visitantes, ou seja, uma chance maior de conquistar novos leads e oportunidades de negócio.

Criar autoridade

Apostar em vídeo marketing é uma chance de construir autoridade no mercado e mostrar que realmente entende do que fala.
Se um negócio vende curso de cerveja artesanal, por exemplo, não seria interessante que eles produzissem conteúdos audiovisuais falando de como funciona o processo?

Trata-se de uma forma de engajar o público-alvo e ganhar autoridade no mercado.

Combinação perfeita: inbound e vídeo marketing

Sim, é possível aliar vídeos com sua estratégia de inbound marketing. Não sabia? Então vamos falar mais sobre isso.

Um dos principais braços do inbound é o marketing de conteúdo, ação que atrai potenciais compradores e passa a nutri-los com informações relevantes.

Essa nutrição com conteúdos de interesse não se limitam a pautas diretamente ligadas ao produto ou serviço oferecido. É preciso atingir a dor do público e, assim que ele estiver mais por dentro do tema, apresentar sua solução.

Quando falamos do marketing de conteúdo, muitos já se lembram de produções textuais. Porém, essa estratégia possui outros formatos e um que ganha cada vez mais espaço é o vídeo marketing.

Como usar vídeos nas estratégias de inbound?

Produzimos conteúdos como este para o nosso blog e apostamos nos e-books para conquistar novos leads, entre outras ações.

Porém, é importante ter a consciência de que nem todos leem os conteúdos em sua totalidade, seja um blogpost ou um material rico textual.

Por isso, o vídeo marketing surge como uma nova alternativa para nutrir o público-alvo do seu negócio.

Já se deparou com vídeos dentro de blogposts que, para serem reproduzidos, solicitavam um endereço de e-mail? Pois é, se você forneceu o e-mail, certamente entrou em fluxo de inbound marketing.

Como falamos, conteúdos textuais nem sempre serão atrativos para muitas pessoas. E isso não reflete a qualidade da sua produção, mas sim os hábitos dos consumidores que mudaram.

O vídeo marketing, por ter um dinamismo muito maior, acaba sendo a preferência dos internautas. Essa é sua chance de usar esse novo canal para estreitar o relacionamento com clientes e potenciais compradores.

Além disso, vídeos possuem um poder de engajamento e compartilhamento muito grande. Ou seja, é ser uma porta de entrada para novos clientes em sua empresa.

Inclua vídeo marketing em suas ações

Como você pôde notar, vídeo marketing é uma estratégia do futuro e, se não incluí-la nas ações da sua empresa, a chance de perder espaço no mercado é muito grande.

Aqui na Layer Up, por exemplo, além de termos iniciado os trabalhos de conteúdo audiovisual para nós, já temos grande experiência com produções para os nossos clientes.

Conteúdos audiovisuais são os mais consumidos na web. Inclua vídeo marketing em suas ações e não fique atrás dos concorrentes!

Contato//

Fale com um especialista, tire dúvidas ou deixe sua sugestão para a Layer Up. Nosso time está pronto para dar um UP em seu negócio e entregar os melhores resultados!

    Newsletter

    Assine a newletter e receba informações do mundo digital.